PIB do Agronegócio de São Paulo

O PIB do Agronegócio do Estado de São Paulo é calculado pelo Cepea.
 

O PIB do Agronegócio de São Paulo representa cerca de 20% do PIB do Brasil. Em relação à economia paulista, a participação do agronegócio é de aproximadamente 15%, gerando também perto de 15% dos empregos formais do estado. A maior parte desses empregos está na agroindústria (35%) e em serviços (47%), ficando o segmento primário com 16%. Esses números não incluem o trabalho da mão de obra familiar, importante nas propriedades rurais menores.

 

                                   2019                                             Relatório Completo

 

                                   2018                                             Relatório Completo

 

2017 Relatório Completo

 

2016 Relatório Completo

 

2015  Relatório Completo

 

2014 Relatório Completo

 

Comentários de 2019:

 

O PIB do agronegócio do estado de São Paulo cresceu 1,5% em 2019, segundo cálculos do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. Esse é um resultado importante, tendo em vista que o PIB do setor vinha apresentando queda desde 2017. Diante disso, o agronegócio paulista representou 12% do PIB do estado de São Paulo em 2019, participação estável frente à observada em anos anteriores.

 

Assim como verificado para o PIB do agronegócio brasileiro, o setor no estado de São Paulo foi impulsionado pelo ramo pecuário, cujo PIB avançou 5,44% no ano. Pesquisadores do Cepea indicam que a pecuária foi favorecida em 2019 pela maior demanda externa por carnes, em decorrência da Peste Suína Africana (PSA) na Ásia. 

 

O ramo agrícola do agronegócio paulista também expandiu, mas de forma menos intensa: 0,6% em 2019. Neste caso, a influência veio do desempenho positivo “dentro da porteira”, tendo em vista o resultado fraco da agroindústria e dos agrosserviços. Pesquisadores do Cepea indicam que o avanço da agricultura, por sua vez, refletiu principalmente os desempenhos da cana-de-açúcar, da laranja e do milho.

 

O agronegócio paulista é caracterizado por grande predominância de atividades de base vegetal e dos segmentos a jusante da agropecuária (indústria e serviços), sendo um grande processador de matérias-primas de outros estados. Por isso, pesquisadores do Cepea ressaltam que, mesmo com o excelente desempenho dentro da porteira, sobretudo da pecuária, o crescimento do PIB do agronegócio de São Paulo em 2019 foi limitado pela estagnação agroindustrial e pela fraca expansão dos agrosserviços.

 

 

Contato

pibcepea@usp.br

Equipe

Equipe

Coordenador científico do Cepea
Geraldo Sant'Ana de Camargo Barros, Ph.D 

 

Pesquisadores Cepea
Nicole Rennó de Castro, Dra.
Arlei Luiz Fachinello, Dr.  
Adriana Ferreira Silva, Dra.
Gabriel Costeira Machado, Ms.
Felipe Miranda de Souza Almeida, Ms.

Rodrigo Peixoto, Dr.

Séries de Preços

Preencha o formulário para realizar o download
x
Deseja receber informações do Cepea?

Digite este código no campo ao lado